Coluna Fora do Eixo 364 Cacoal – Reuniões

Segundo dia em Cacoal, os agentes Fora do Eixo começaram o dia em uma reunião com a Maria Lindomar Presidente da Fundação Cultural de Cacoal – Funccal. Recebidos com um sorriso, a Lindomar buscou entender o que é o Coletivo Arcus. Sendo um ponto de rede de cultura livre o Circuito Fora do Eixo tem uma dimensão muito grande, e o Grito Rock tem possibilidades para mostrar o trabalho realizado por diversas frentes.

Reunião Funccal

Reunião Funccal

Reunião Funccal

Música, teatro, dança, literatura, artes, cinema e esportes radicais é o que vai ser encontrado no primeiro Grito Rock Cacoal, é muito bonito de imaginar isso acontecendo, a coluna conseguiu agregar esses artistas, articuladores e produtores. Nessa reunião foram discutidos o espaço e estrutura para dar suporte em todas as áreas. Muito proveitosa, e ainda na espera de respostas foi acertado esse apoio e parceria, e muito trabalho pela frente.

Tentando encontrar a casa onde estão hospedados, os Fora do Eixo encontraram a rádio comunitária Samaúma, pararam para conhecer, trocar ideias e contatos. Rafael Altomar já aproveitou para deixar o som da Beradelia, os cacoalenses vão poder ouvir em casa o som, muito proveitoso.

Rádio Comunitária Samaúma

A viagem de Ji-Paraná para Cacoal integrou Raphael Amorim (Interior Alternativo), que participou e está ajudando nessa construção, contribuindo com sua experiência de mais de cinco anos atuando na cultura, mesmo quando a cena local não mostrou abertura, foi uma luta que merece enorme reconhecimento e que vai continuar agora em novo processo. O coletivo Arcus que está a pouco tempo na rede, e que começou com o intuito de promover o Grito Rock, mas que agora aumentou sua dimensão, sua visão e sua energia, está com garra pra agarrar essa função de fomentar a cultura. Também colaram no Raphael e na Samira, que estão de malas prontas pra morar na cidade, mas com a função de deixar o Grito Rock Ji-Paraná pronto para mais uma edição, e a nova equipe engatilhada na rede.

Conhecendo Cacoal

Conhecendo Cacoal

Após conhecer os espaços da cidade, mapear o local onde  vai acontecer o festival, todos sentaram para mais uma reunião. Para afinar a divisão de trabalhos e construir um planejamento de como irão atuar. Preenchimento de planilhas, aprendendo a utilizar as ferramentas que fazem uma sistematização, facilitando o trabalho em rede. Tudo tem sido um trabalho de iniciação, mas que começa com tanto gás que está avançando em uma velocidade muito alta.

Nessa decolagem sem destino, e uma tarde de trabalho, os gestores foram conhecer a noite cacoalense, um momento descontraído, que inclusive gerou ideias entre as conversas infinitas. Clareando as ideias e mostrando novas possibilidades para cidade, para os coletivos e o circuito Fora do Eixo. A coluna 364 continua em Vilhena, todos os gestores irão se encontrar essa manhã para mais uma conversa, encaminhando as demandas pra galera, fortalecendo o discurso para deixar tudo certo e mais uma rota vem pela frente.

 

Texto: Neila Azevedo

Sobre casafdero

A Casa Fora do Eixo Rondônia, é a junção de agentes que atuam na cultura de Porto Velho e Região Norte, ponto Fora do Eixo.

Publicado em fevereiro 11, 2012, em Coletivo Arcus - Cacoal, Coluna Fora do Eixo 364, Rondônia e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: