Coluna Fora do Eixo 364 – Novos pontos na rede.

A Coluna Fora do Eixo 364 surgiu da necessidade de conectar e mobilizar agentes e parceiros integrando-os ao circuito Fora do Eixo. A Casa Fora do Eixo Rondônia visitou três de quatro cidades programadas, já que em Ariquemes houve dificuldade de contato. Cacoal (Coletivo Arcus), Ji-Paraná (Coletivo Interior Alternativo) e Vilhena (Coletivo Ekatu) foram a rota para a pré – produção do Festival Grito Rock, com objetivo de fazer uma organização e integração entre os coletivos atuantes na rede.

Os gestores Marcos Nobre Júnior, Neila Azevedo e Rafael Altomar registraram a viagem com vídeos, fotos e relatos dos encontros, postados nas redes sociais e blog. O intuito foi mostrar como foi o andamento de todo o processo de desenvolvimento e aproveitamento dos envolvidos. Fazendo novas parcerias e encontrando com todos juntos nessas reuniões as soluções para respectivos problemas em trocas de conhecimentos, experiências e vivência. Com o desígnio de desenvolver e difundir a rede Circuito Fora do Eixo dentro do Estado de Rondônia.

A rota foi feita do dia 07 ao dia 12 de fevereiro, contabilizando 105h no total, divididas em 44h em Ji-Paraná, 46h em Cacoal e 15h em Vilhena. São mais de 1.400 km percorridos totalizando 20h na estrada. Foram realizadas sete reuniões nesse período, cinco de mobilização e integração entre os coletivos e duas de apoio e parceria com as fundações culturais. Além disso foram feitas 2 visitas para firmar parcerias e contatos. Com uma quantidade de mais de 106 pessoas envolvidas direta e indiretamente.

Todos os locais que os gestores passaram, tiveram hospedagem solidária e alimentação. Sendo muito bem recebidos nas casas de Raphael Amorim (Interior Alternativo), Fernando Húngaro (Arcus) e Nettu Regert (Ekatu), que abriram suas portas de uma forma que abrigaram não só três gestores, como também uma experiência muito gratificante com base na economia solidária, onde todos trocaram suas experiências, manias, e estimularam uns aos outros.

A coluna conseguiu definir várias questões sobre o Grito Rock e ajudou a estruturar a organização dos coletivos para essa produção que servirá como base dos “novos quadros” e  ainda firmar apoios para o festival. Sem deixar dúvidas de que foi muito proveitosa e todos adquiriram uma experiência que é só começo de um vínculo de muitas outras vivências, imersões e reuniões que estão conectando cada vez mais pessoas. Abrindo possibilidades para novas ideias, para novos caminhos, e estruturação de novos pontos na rede.

Sobre casafdero

A Casa Fora do Eixo Rondônia, é a junção de agentes que atuam na cultura de Porto Velho e Região Norte, ponto Fora do Eixo.

Publicado em fevereiro 17, 2012, em Circuito Fora do Eixo, Coluna Fora do Eixo 364, Rondônia e marcado como , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: