Arquivos do Blog

Norte – IV Congresso Fora do Eixo

Falando doNorte com uma perspectiva de Rondônia, o Fora do Eixo veio sendo entendido e seposicionando a cada novo ponto que se estruturava no Coletivo C.A.O.S. quenesse ano se agarrou forte a idéia de melhorar o dinamismo dos agentesculturais, e aumentar a troca entre a região Norte. Com vivências, participaçãode cursos livres, promovendo oficinas e reuniões. Isso foi aumentando a força ea comunicação entre os coletivos da região, fortalecendo a ideia que énecessário que existam parcerias, troca de serviços, incentivo e reconhecimentode trabalho, mostrando que todos são produtores culturais. E essa troca queestá acontecendo vai ser fundamental para a estrutura de ações em 2012, pois aproposta é fazer uma agenda que inclua todos os coletivos da região nortefazendo estágios e proporcionando cursos de formação dentro dos festivais e daagenda. Outro ponto que ajudou a entender e colocar as idéias no eixo foi omovimento Regula Cultura Rondônia, que através de encontros e assembléiasestruturou o plano municipal de cultura que já foi regulamentando.
Além disso,está havendo uma grande articulação em relação à Casa Fora do Eixo Rondônia, queesta tomando forma, sendo administrada, encontrando meios para sustentabilidadeatravés de agenda de projetos e eventos produzidos pelo coletivo,  ligadosa música, literatura, arte e comunicação. A ideia é fortalecer tudo isso cadavez mais, construindo um melhor entendimento entre os agentes culturais. Essase outras questões estão sendo pontos chaves entre os coletivos da região Norte,que através de reuniões vem encontrando soluções e parcerias.

Acompanhe:

http://congresso.foradoeixo.org.br/

http://www.livestream.com/tvforadoeixo

http://www.flickr.com/photos/foradoeixo

Texto e Fotos: Neila Azevedo

Coletivo C.A.O.S – Cultura e Arte Organizando o Social

Ponto Fora do Eixo Rondônia

Anúncios

IV Congresso Fora do Eixo – São Paulo

O primeiro dia do Congresso marca a chegada das caravanas e o credenciamento dos mais diversos estados do país, das 163 cidades e dos mais de 10 países que participarão desse grande encontro. O objetivo nesse dia é criar um ambiente favorável para a conexão e o contato entre esses congressistas, com reuniões livres, intervenções artísticas, debates, transmissões ao vivo, entrevistas e uma constante ouvidoria que possibilite que todos deem sugestões sobre a programação e o conteúdo dos dias seguintes. Os “facilitadores” do Congresso FDE estarão à disposição logo na chegada de cada congressista à Casa FDE SP!





O Coletivo C.A.O.S. está presente, participando de diversas atividades, fazendo transmissão, fazendo imagens, e edição de vídeos, além de criar, aprender,  e ajudar a construir e estruturar. Absorvendo diversas informações, vivenciando esses dias da melhor forma, sempre fazendo uma troca com os congressistas, comunicando e secretariando. Muita coisa acontecendo, e todos com disposição de transformar esse encontro para melhorar e colocar as ideias no eixo, transformando a atuação do Coletivo em diversas áreas.





Acompanhe:
http://www.livestream.com/tvforadoeixo

http://congresso.foradoeixo.org.br/

Texto e Fotos: Neila Azevedo

Coletivo C.A.O.S – Cultura e Arte Organizando o Social

Ponto Fora do Eixo Rondônia

AMIGOS DO C.A.O.S.

Galera, nesse SÁBADO dia 03/12 vai rolar uma confraternização AMIGOS DO C.A.O.S, onde vai rolar OPEM BAR de Caipirinha, hifi! com os rapazes super animados da BERADELIA, IN’ÁGUA, DONA BAGA e JAM SESSION! Super festa por apenas R$20,00 End: Travessa do Porto, nº 25 – Bairro Pedrinhas – Sub esquina com Farquar, duas ruas após a Cantina do Porto, logo depois da Casa Bella!

O Motivo principal dessa Confraternização é que durante os dias 05 a 23 de Dezembro, o @Coletivo CAOS mudará para a capital de São Paulo, representando Rondônia, no IV Congresso Fora do Eixo, o maior encontro de coletivos da américa latina, com representantes de 27 estados e 04 países, debatendo e construindo a nova cara da cultura brasileira. 

A trupe rondoniênse, será representada por 15 agentes culturais, todos membros do @Coletivo CAOS e para viabilizar essa logística de passagens aéreas SP-PVH / PVH-SP, contamos com a sua presença e contribuição no evento “AMIGOS DO C.A.O.S., onde todo valor arrecadado no evento, será investido em nossa vivência durante a temporada em São Paulo.

*300 Organizações do Brasil e de toda a América estarão no IV Congresso Fora do Eixo*

Universidades, Pontos de Cultura, casas de shows, coletivos, produtoras, ongs, entre outras organizações, já estão inscritas para o evento, vindas de todas as regiões do Brasil e de países como Guatemala, Estados Unidos, Colômbia, Costa Rica, Argentina, Honduras, El Salvador, Venezuela, Nicarágua e Panamá.

[CONTRIBUA]

Faça parte dessa revolução!!!



Arte:  Rafael Altomar
Texto: Marcos Nobre  Jr.

Coletivo C.A.O.S – Cultura e Arte Organizando o Social

Ponto Fora do Eixo Rondônia

:: BÉRA NIGHT :: Ultima edição de 2011

 :: BÉRA NIGHT :: dia 01/12

E ATENÇÃO MANINHOS E MANINHAS!

Comemorando a ultima edição do :: BÉRA NIGHT :: em 2011. Montamos uma programação excelente para Quinta-Feira (01/12) no Pimenta Rock Bar!!! não seja louco de perder maninho, chame sua gatinha, seus amigos, e venha curtir ao som de Dona Baga & O Novinho Beradélico + In’agua + Discotecagem MIÛDO. Vai ser lindo!! Vamos??




 Confirme aqui sua presença –> :: BÉRA NIGHT ::


Arte: Thiago Maziero


Coletivo C.A.O.S – Cultura e Arte Organizando o Social

Ponto Fora do Eixo Rondônia

BERADELIA SÁBADO NA CANTINA DO PORTO

A banda Beradelia se apresenta nesse sábado dia 26 de novembro no bar Cantina do Porto, levando sua música e a bandeira BERADERA, para o público que curte som da terra e de qualidade. A banda apresenta um formato diferenciado para a noite de sábado, com uma pegada beracústica. A noite promete muita diversão.

Arte: Rafael Altomar

IV Congresso Fora do Eixo

O Congresso Fora do Eixo

O Fora do Eixo realiza em São Paulo, de 11 a 18 de dezembro, a 4ª edição do Congresso Fora do Eixo. O maior encontro presencial da rede tem a expectativa de público superior a mil pessoas. Além de representantes do Circuito, o Congresso conta com a presença de diversos setores socias, entre politica, economia e educação e profissionais dos da cena cultural, como música, cinema, teatro e literatura.
São sete dias de atividades intensas, dividindo vários grupos em GTs (Grupos de Trabalho), GDs (Grupos de Discussão), encontros, plenárias e mesas de debates. Com uma proposta diferenciada para estímulo do intercâmbio entre os participantes, o congresso também oferece vários momentos para reuniões livres, norteadas por temas pertinentes aos debates atuais estabelecidos na rede permitindo um cruzamento de ideias entre os mais variados agentes. O período da noite é destinado para as plenárias do Fora do Eixo, em um processo totalmente transparente de tomada de decisões e encaminhamentos práticos das ações do FdE.
O Congresso propõe discussões setorizadas e a relação com a cultura, através dos seguintes eixos: Universidade da Cultura (Unicult), Banco Cultural (Bancult), Centro Multimidia e Partido da Cultura (PCult), que vão dialogar com com todas as ações e linguagens artísticas do Fora do Eixo. A intenção da 4ª edição do COFE  é nivelar o conhecimento produzido em cada um dos ponto o fora do eixo, fortalecendo as referências no processo de construção de simulacros sociais, ressignificando o Banco, o Partido, a universidade e os meios de comunicação.
Marielle Ramires, gestora de produção do COFE, conta que este ano o Congresso apresenta as tecnologias de articulação do circuito muito mais aperfeiçoadas. “Fortalecemos o Partido da Cultura e a Universidade Livre, ganhamos prêmios e demos passos importantes no processo de interlocução com São Paulo e diversas capitais brasileiras, além da internacionalização realizada através de ações na Argentina e em seis países da Centro América”, comenta.

#5AnosFDE

Em 2011 o Fora do Eixo comemora cinco anos. Neles, a rede desenvolveu, graças ao compartilhamento de ideias, várias tecnologias e sistemas de organização que resultaram nesse novo formato. O congresso, que teve sua primeira edição em 2008, tem como característica a flexibilidade do formato de acordo com o amadurecimento da rede.
Quando aconteceu pela primeira vez, em Cuiabá/MT, o evento discutia o formato do circuito e as ações de circulação da música independente no país. Já em 2009, na cidade de Rio Branco/AC, os debates se focaram no modo de organização interna da rede e dali surgiu a carta de princípios e o primeiro organograma do FdE.  No ano seguinte, o congresso tomou um formato bem diferente, fomentando as ações das frentes temáticas e das metas a serem atingidas no ano seguinte.
Nos últimos quatro anos, o FDE cresceu exponencialmente, agregando mais de 90 coletivos no Brasil e da América Latina. Esta ampliação estimulou o surgimento dos Congressos Regionais em 2010, etapas preliminares ao Congresso Nacional que alinham o entendimento dos processos da rede em todas suas instâncias e fortalecem cada uma das Regionais Fora do Eixo.
Neste ano os encontro começaram no dia 1º de julho com a etapa Regional Sul em Porto Alegre (RS). Dias depois, de 8 a 10, em Salvador (BA), foi a vez da Regional Nordeste realizar o seu. A cidade histórica de Sabará recebeu a Regional Minas durante o Festival Escambo, de 18 a 24 de julho. No mês seguinte, Araraquara (SP) foi sede da Etapa São Paulo, de 12 a 14 de agosto. Já na Regional Norte o congresso aconteceu de 25 a 28 de agosto, em Manaus (AM) e, finalizando essa ação, entre 26 a 28 de outubro será a vez de Rio de Janeiro e Espirito Santo se encontrarem em Vitória/ES.
O Congresso acontecerá na USP (Universidade de São Paulo).
Toda a programação do COFE será gratuita.
Para mais informações o contato é contato@foradoeixo.org ou pelo telefone             (11) 5491 0709       | 4304-1537
Nós do Coletivo C.A.O.S iremos para o 4º #congressofde!!

Siga @ForadoEixo
Curta a pagina do Fora do Eixo no Facebook

Festival Quebramar – dias 6 a 11 de Dezembro no Amapá

Confira como foi o Festival Quebramar 2010
O Festival Quebramar chega ao seu quarto ano de realização consolidado como o maior festival do Amapá. Logo em sua primeira edição, em 2008, foi apontado pela revista BRAVO!, de circulação nacional e especializada em cultura, como um dos cinco mais promissores festivais do Brasil. Após quatro anos, o Quebramar cresce ainda mais e, em 2011, é apresentado pela Petrobras, por meio do Programa Petrobras Cultural com apoio da Lei de Incentivo à Cultura do Governo Federal (Lei Rouanet) e patrocínio do Banco da Amazônia.
Em 2011, o festival será realizado de 06 a 11 de dezembro, com uma programação voltada para as Artes Visuais, Literatura, Teatro, Audiovisual, Música e outros, compreendendo assim, todas as facetas da cultura jovem e urbana amapaense, fortalecendo a cultura no estado e debatendo os novos rumos de sua produção.
Seletiva o Quebramar 2011
As Seletivas de Bandas fazem parte da programação do Festival Quebramar 2011, sendo um dos principais programas do evento. Por meio de votação popular, será escolhida uma vaga na programação oficial do festival. As seletivas acontecem nos dias 4, 5, 11 e 12 de novembro, com apresentação de dois grupos artísticos por noite. As incrições iniciam nesta terça-feira (25), via Toque no Brasil- plataforma de diálogo entre artistas e produtores- e vão até o dia 30 de outubro. Em 2009 a banda Ultimato já se apresentou no festival e nesse ano a banda Beradelia é quem vai representar o estado de Rondônia, a banda se apresenta no Festival Quebramar 2011 no dia 09 de Dezembro!

A banda Beradelia (RO) se apresenta no Festival Quebramar (AP) 2011 no dia 09 de Dezembro.



Confira a programação do Festival Quebramar 2011

06/12

07/12

08/12

CENTRO DE DIFUSÃO CULTURAL AZEVEDO PICANÇO
09h – Anime Clube
14h – Campeonato de Cosplay
19h – Apresentação do Fora do Eixo e Festival Quebramar
19:10h – Mesa de Debate
Políticas Públicas para a Cultura e o Custo Amazônico
Delson Cruz (MINC Norte), Ze Miguel (SECULT AP) Cleverson Baia (CONSEC-AP), KARLA MARTINS (Fundação Elias Mansur-AC), Mediadora: Heluana Quintas (Coletivo Palafita)
AUDITÓRIO DO MIS
(TEATRO DAS BACABEIRAS)
10h – Oficina de Fotografia com Renato Reis (PA)
CENTRO DE DIFUSÃO CULTURAL AZEVEDO PICANÇO
16:30h – Painel Palco Fora do Eixo –
17:10h – Lançamento do Livro – Artes Cênicas no Amapá – Dr. Romualdo Palhano
20:15h – Grupo de Poesia Tatamirô (AP)
FRENTE DO CENTRO DE CONVENÇÕES AZEVEDO PICANÇO
19:15h – Espetáculo “A arte do teatro” com o poeta e ator Dinho Araújo
Espetáculo “João do Céu e João Cheiroso vendendo Cordel” com os atores Josias Monteiro e Elder de Paula.
Espetáculo “As primas” com os atores Arthur Cardoso, Netho Pereira, Benjamin Ludoque, Géssica Palmerim
AUDITÓRIO DO MIS
(TEATRO DAS BACABEIRAS)
14h – Oficina APRENDA A LINGUAGEM CINEMATOGRÁFICA com Vladmir Cunha (PA)

SHOWS

CENTRO DE DIFUSÃO CULTURAL
AZEVEDO PICANÇO
20:20h – Violentango(ARG)
19:40h – Strobo (PA) +Tem Deck? (AP)
19:00h – Fábinho (AP) + Cleverson Baía (AP)

09/12

10/12

11/12

AUDITÓRIO DA FORTALEZA DE SÃO JOSÉ DE MACAPÁ

Palestra
10h – Economia Criativa – Industrias Criativas e Industrias Culturais (Ivana Bentes – UFRJ)

16h -Oficina de Guitarra Livre
Vários Artistas


MIS – MUSEU DA IMAGEM E DO SOM (TEATRO DAS BACABEIRAS)

14h – Oficina APRENDA A LINGUAGEM CINEMATOGRÁFICA com Vladmir Cunha (PA)
09 DE DEZEMBRO (SEXTA)
#ROCKER
ANFITEATRO
DA FORTALEZA DE SÃO JOSÉ
23:40 – Jupiter Maçã (RS)
23:00h – Autoramas (RJ)
22:20h – Plastique Noir (CE)
21:40h – Stereovitrola (AP)
21:00h – Beradelia (RO)
20:20h – Genezis (AP)
19:40 – Beatle George (AP)
19:00h – Godzilla (AP)

 

AUDITÓRIO DA FORTALEZA DE SÃO JOSÉ DE MACAPÁ
Bate Papo Livre

 

14h – Os Rumos do Metal no Brasil
Vera Kikuti (Produtora, Jornalista Revista Guitar Player)
Torture Squad, Marttyrium, Profetika, Amaurose, Matinta Pereira, Amatribo

15h – Exposição Anime Clube

16h – Rodada de Negócios
David Mclauglin (BM&A)
Vera Kikuti (Produtora, Jornalista Revista Guitar Player)
Caio Mota (Festival Até o Tucupi-AM)
Marcelo Damaso (Festival Serasgum-PA)

SHOWS


DIA 10 DE DEZEMBRO (SÁBADO)

#POLVORA

ANFITEATRO DA
FORTALEZA DE SÃO JOSÉ
00:20h – Torture Squad (SP)
23:40h – Marttyrium (AP)
23:00h – Amaurose (AP)
22:20h – Profetika (AP)
21:40h – Amatribo (AP)
21:00h – Radiovoxx (AP)
20:20h – Prolepse (AP)
19:40h – Matinta Perera (AP)
19:00h – Novos e Usados (AP)

 

AUDITÓRIO DA FORTALEZA DE SÃO JOSÉ DE MACAPÁ

 

Palestra
10h – Alternativas para Exportação da Música da Amazônia
David Mclauglin BM&A (IRE)

Debate
15h – Democratização do Conhecimento e Cultura Digital – Gabriela Agustini, Diretora Executiva do Festival CulturaDigital.br + Drª. Elda Araújo (UNIFAP)

MIS – MUSEU DA IMAGEM E DO SOM
(TEATRO DAS BACABEIRAS)

14h – Oficina APRENDA A LINGUAGEM CINEMATOGRÁFICA com Vladmir Cunha (PA)

DIA 11 DE DEZEMBRO (DOMINGO)
#DOMINGONOPARQUE

ANFITEATRO DA
FORTALEZA DE SÃO JOSÉ
00:30h – Pepeu Gomes (BA)
23:00h – Teatro Mágico (SP)
22:20h – Karol ConKá (PR)
21:40h – Aíla convida Felipe e Manoel Cordeiro (PA)
21:00h – Tucumanos (AM)
20:20h – Elisa Maia (AM)
19:40h – Timbres &Temperos (AP)
19:00h – Mini Box Lunar (AP)

Coletivo C.A.O.S – Cultura e Arte Organizando o Social

Ponto Fora do Eixo Rondônia

Gaby Amarantos.. a rainha do TECNOBREGA!

Veja Gaby Amarantos em Xirley Xarque
Atenção, atenção: Xirley Xarque chegou pra te enfeitiçar. E é através dessa irreverente personagem saída da mente e dos acordes do pernambucano Zé Cafofinho que Gaby Amarantos revela para todo o Brasil o que é que a música do Pará tem! Tem rítmos tradicionais? Tem! Tem sotaque eletrônico? Tem! Tem o visual mais arrojado surgido na música nos últimos tempos? Tem!!! É o tecnobrega chegando pra abalar.
Não por acaso, a música Xirley foi escolhida para embalar o primeiro clipe da carreira de Gaby, representando esse movimento tão poderoso que há tempos domina a região amazônica e agora avança por todo o Brasil. Dirigida pela cineasta Priscilla Brasil, a saga de Xirley Xarque é contada em quatro cenários diferentes, numa maratona que rendeu quatro dias de gravação.
Sempre de vermelho e preto, como pede a música, Gaby Amarantos encarna a personagem em quatro fases diferentes. No início, ela é pobre de marre deci,  uma aspirante à cantora que ganha a vida como manicure, mas sonha mesmo é com o sucesso como artista. Com a ajuda de dois comparsas, ela  consegue colocar seus discos no mercado informal das ruas.
Na segunda parte, já com um pouquinho de grana por conta do sucesso de suas músicas, Xirley surge com um look mais incrementado, mas – por não saber se produzir – quer usar “tudo ao mesmo tempo agora”. E a casa, o estúdio e a imagem de Nossa Senhora de Nazaré, de quem ela é devota, evoluem junto.
Já na terceira fase, Xirley aparece bem-sucedida, com dinheiro, uma pop star! Mas como nem o céu é o limite para essa, enfim, diva do tecno melody, ela surge na parte final como uma divindade psicodélica, num cenário em que tudo pisca, para que nada passe despercebido. A prova de que Xirley Xarque, Gaby Amarantos e a nova música paraense, um verdadeiro caldeirão de referências, ritmos e conceitos, chegaram pra ficar.
E o clipe de Xirley é apenas o começo. Vem aí Treme, o primeiro disco solo de Gaby Amarantos, com produção de Carlos Eduardo Miranda, composições de Thalma de Freitas, Felipe Cordeiro, dona Onete, Alípio Martins, Iara Rennó e da própria Gaby, além de participações de Fernanda Takai e dona Onete. Você vai ver só…
P.S. – O vídeo foi produzido pela produtora paraense Greenvision e o projeto foi patrocinado pelo programa Conexão Vivo através da Lei Semear.

Drops! #FestCineAmazônia2011 – 2º Dia



Confira no “Drops FestCine-Amazônia” o que rolou no segundo dia de festival.

:: PARCERIA ::

FestCine Amazônia 2011 & Casa Fora do Eixo – Rondônia

#CoberturaColaborativa #CulturaDigital #ColetivoCAOS

acesse:

http://www.cineamazonia.com/

http://coletivocaos.blogspot.com/

http://v3.foradoeixo.org.br/

Coletivo C.A.O.S – Cultura e Arte Organizando o Social

Ponto Fora do Eixo Rondônia

Oficinas – 9º Fest Cine Amazônia!

O Fest Cine Amazônia continua cheio de programação, uma delas, são as oficinas, importantes atividades para melhorar a qualidade técnica profissional de produtores regionais, gerando mão-de-obra para garantir o crescimento do cinema nacional. Isso traz o surgimento de novas produções, valorizando vocações, identidades e culturas. Bons profissionais da área estão ministrando essas oficinas, uma grande oportunidade pra quem quer se profissionalizar.

O Festival ofereceu vagas para as seguintes oficinas; Oficina de Produção, curso básico, com a oficineira Clélia Bessa, produtora, natural de Manaus/AM, formada em Ciências Sociais pela UFRJ, sempre atuou na área do audiovisual. Oficina de Captação de Som, com o Edwaldo Mayrinck Monteiro de Andrade Jr, formou-se em engenharia eletrônica em 1980, e atua profissionalmente em áudio desde 1975. Oficina Um outro Olhar – Cinema para Cegos, com Miriam Cris Carlos e Werinton Kermes, Doutora em Comunicação e Semiótica, especialista em Teoria da Literatura e graduada em Letras. Professora pesquisadora do Mestrado em Comunicação e Cultura da Universidade de Sorocaba, Uniso. Roteirista e documentarista. E a Oficina Oficina “Faça você mesmo – BLOG, jornalismo on – line, Vídeos, redes sociais”, com a Edneide Arruda, natural da Paraíba, mestre em Mídia-Educação pela Faculdade de Educação da Universidade de Brasília (FE/UnB) e se dedica a investigar as interfaces existentes entre a educação e a comunicação.

:: PARCERIA ::


FestCine Amazônia 2011 & Casa Fora do Eixo – Rondônia 

#CoberturaColaborativa #CulturaDigital

acesse:

http://www.cineamazonia.com/

http://coletivocaos.blogspot.com/

http://v3.foradoeixo.org.br/

Coletivo C.A.O.S – Cultura e Arte Organizando o Social

Ponto Fora do Eixo Rondônia