Arquivos do Blog

CARAVANA DA CIDADANIA E DIVERSIDADE CULTURAL

Aconteceu nesta quarta-feira, 18 de Abril, a Caravana da Cidadania e Diversidade Cultural no Teatro Banzeiros em Porto Velho. Realizada pela parceria do Governo do Estado Rondônia, por meio da Secretaria de Cultura, Esportes e Lazer, Fundação Iaripuna e a Secretaria da Diversidade Cultural do Ministério da Cultura.

O evento contou com a presença da secretária da Cidadania e Diversidade Cultural do Ministério da Cultura, Márcia Rollemberg, assim como também o secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Francisco Leilson, o representante do Ministério da Cultura na Região Norte, Delson Cruz, gestores Fora do Eixo Rondônia fazendo a transmissão ao vivo e cobertura do evento, entre outras entidades, pontos de cultura, coletivos, artistas e produtores.

Antes que começassem as apresentações formais, houve apresentações culturais de alguns artistas e grupos locais, como a Bailarina da Praça que nos lembrou o dia do Livro Infantil, o Botôto com sua apresentação sensível de um beradêro, e o grupo Abadá Capoeira com uma roda emocionante dessa arte quilombola. A realização serviu para a Secretaria da Cidadania e Diversidade Cultural mostrar seus avanços no Brasil, com foco na região Norte, e também suas propostas como Governo Federal. Foi-se socializado o que cada governo havia conseguido realizar, e o que ainda está em planejamento. E nessa mesa de informações claras, os participantes também tiveram o direito de intervir fazendo perguntas e reivindicações, nas quais sempre se realçava o valor da cultura nortista e local. Seguindo essas reivindicações, a secretária Márcia fez questão de salientar a importância da matriz cultural africana e indígena de nossa região, e mostrou a vontade de abrir os caminhos para políticas públicas de cultura que possam ser mais abrangentes às realidades locais de beradeiros, quilombolas e indígenas.

Texto: Samuel Soares

Fotos: Neila Azevedo

Anúncios

I ENCONTRO DO CORREDOR TUPI MONDÉ

A Comissão Organizadora por meio da realização da Associação Metareilá do Povo Indígena Surui – Metareilá e Associação Defesa Entoambiental – Kanindé, convidou os gestores da Casa Fora do Eixo Rondônia, para participarem do I Encontro do Corredor Tupi Mondé, com a proposta de criação da Associação do Corredor Tupi Mondé e as estratégias para o plano de ação dos povos Indígenas Paiter, Cinta Larga, Zoró, Gavião e Arara.

Representando a Casa Fora do Eixo Rondônia e Associação Cultura e Arte Organizando o Social – C.A.O.S., o gestor Marcos Nobre Jr. foi ao encontro que ocorre dia 20 e 21 de fevereiro, no auditório da Associação Metareilá em Cacoal/RO, com uma programação de palestras expositivas, debates e proposituras.

O Encontro tem como objetivos, promover a discussão sobre a Gestão Etnoambiental e Cultural do Corredor Tupi Mondé. Uma iniciativa que visa construir entendimentos coletivos sobre a gestão do referido corredor, entre as etnias: Paiter Surui, Zóro, Cinta Larga, Gavião e estendendo participação da etnia Arara – que vive na Terra Indígena Igarapé Lourdes.

A parceria do Fora do Eixo com os pontos de cultura indigena de Rondônia tem muita força, e já firmaram o planejamento do ano, onde serão realizadas oficinas de comunicação comunitária, ministradas pelo Coletivo Cultura e Arte Organizando o Social, continuando um trabalho que traz força e tecnologia no modo de vida indigena.

Ao longo dos anos eles sofreram com doenças, exploração da madeira, desigualdade social. Tudo isso devido a falta de conhecimento, que hoje a partir dessas parcerias, desses encontros vem debatendo formas de melhorar isso, com o desenvolvimento de tecnologias dentro das aldeias, com utilização da internet, meios de comunicação, plataformas que visualizam formas de lutar e impedir esses  acontecimentos.

Programação Completa:

Programação do evento-tupi monde[1]