Arquivo mensal: janeiro 2013

Grito Rock Porto Velho 2013

_DSC4904 - 2012Avener Prado

Foto: Avener Prado

Projeto chega à 11ª edição e vai conectar 30 países. Rondônia se prepara para receber o festival que começa em Fevereiro.

Depois de integrar todos os estados e regiões brasileiras e extrapolar as fronteiras conectando grande parte da América Latina, o Festival Grito Rock alcança 300 cidades de 30 países diferentes, este ano. Além dos latinos, outros países dos continentes da Europa, Oceania, África, por exemplo, integram-se ao evento. Produzido de forma colaborativa desde 2005, o Grito Rock foi criado como uma alternativa ao carnaval tradicional e em 2013 acontece entre o período de 1º de fevereiro a 03 de março.

A edição de 2013 escolheu o portal Toque no Brasil (www.tnb.art.br) como principal plataforma de conexão de agentes, produtores e artistas. Além das inscrições, o Toque no Brasil vai fomentar também turnês e shows. Estima-se a criação de aproximadamente 3 mil vagas para bandas de todo o país e turnês de pequeno, médio e grande portes, que devem ligar diversas regiões brasileiras.

O Festival que se consolida cada vez mais Rondônia, está acontecendo pela sétima vez em Porto Velho, quarta vez em Vilhena, terceira em Ji-Paraná, segunda em Cacoal e pela primeira vez em Ariquemes. Em Porto Velho, o evento acontece nos dias 01 e 02 de Março e as inscrições de bandas e artistas estão abertas, para a quinta edição realizada pelo Coletivo Cultura e Arte Organizando o Social – C.A.O.S. um ponto de rede do Circuito Fora do Eixo.

Link para inscrição:

http://tnb.art.br/oportunidades/grito-rock-mundo-2013/grito-rock-2013-porto-velho/

“O festival é construído colaborativamente pela rede de produtores formada a cada ano e que se fortalece com as conexões para potencializar a realidade local”, explica o coordenador nacional do Grito Rock, Felipe Altenfelder.  A produção colaborativa envolve cerca de 9 mil pessoas trabalhando direta e indiretamente, sendo divididos entre empregos formais e informais, autônomos, voluntários e – boa parte deles – são de colaboradores da produção, que recebem em moedas sociais ao invés da moeda oficial vigente (Real). “O Grito Rock foi a primeira tecnologia fora do eixo a mostrar numericamente a potência do trabalho replicado, multiplicado, descentralizado, aumentando o volume de moeda social investida no cenário cultural, em rede, distribuido nas pontas, chegando a atingir mais de 200 territórios no mundo com capacidade de se desdobrar em núcleos coletivos de empreendimentos culturais.” – comenta a gestora do Banco Fora do Eixo, Lenissa Lenza.

O Grito Rock é um dos grandes estimuladores das cadeias produtivas de pequenas cidades no interior, bem como em todas as capitais do país e demais pontos internacionais que realizam o festival. Estima-se que em 2011 o investimento total dos produtores combinados alcançaram aproximadamente R$2,2 milhões, injetados diretamente no mercado independente. O valor médio de cada evento também foi expressivo – em média foram aplicados $16.000,00, entre reais e moedas solidárias.

O projeto foi idealizado pelo coletivo Espaço Cubo no ano de 2003 em Cuiabá (MT). Com a criação do Fora do Eixo, em 2005 – o projeto se ampliou de forma conceitual e geográfica, envolvendo produtores de todo o país. Em 2011, o Grito Rock aconteceu em mais de 130 cidades, em oito países, movimentando 2 mil bandas e aproximadamente 200 mil espectadores. Na última edição, em 2012, foram 205 cidades realizadoras, 37% a mais em comparação com 2011, envolvendo a participação direta de aproximadamente 700 produtores culturais, de 15 países diferentes.

Fora do Eixo

Rede de trabalho colaborativa e descentralizada, constituída por mais de 120 pontos que há seis anos experimentam, compartilham e aprimoram tecnologias livres de  produzir cultura.  Acompanhe: http://facebook.com/foradoeixo

Anúncios

Concurso Logotipo Psicologia-UNIR

O Centro Acadêmico de Psicologia – CAPSI-UNIR abre inscrições para alunos, professores e interessados em participar do Concurso de criação do Logotipo oficial de Psicologia da UNIR.

Os participantes serão avaliados com base na criatividade, originalidade, comunicação, aplicabilidade e elegibilidade da criação. Acesse o regulamento http://bit.ly/Tzawyp

O Vencedor vai receber o prêmio de um celular de 3 chips, um Book fotográfico e um Almoço com acompanhante.

Faça inscrição pelo link: http://bit.ly/Ytj0IM

CARTAZ UNIR FINALIZADO (1)

Oficina de Vídeo – Técnicas de Filmagem

Oficina de Vídeo

A Casa Fora do Eixo Rondônia, campus da Universidade Livre Fora do Eixo na cidade de Porto Velho/RO, recebe a Oficina de Vídeo nos dias 02 e 03 de Fevereiro ministrada pelo fotógrafo e cineasta Ronaldo Nina. O instrutor atua no campo da Arte, Educação, Agroecologia e Tecnologias Sociais.

A atividade abre 20 vagas com a proposta de formação livre no campo da linguagem audiovisual e experimentações na região Norte do Brasil. Os participantes vão aprender a aproveitar o recurso de vídeo da sua câmera, como foco, movimentos, iluminação além de noções básicas de programas para edição.

Currículo Ronaldo Nina

Conteúdo:

-Técnicas de Filmagem com Câmera Fotográfica DSLR

– Convergência Tecnologia

– Como aproveitar o recurso Video de sua Câmera

– Dicas de foco, follow focus, marcação do foco,

– Monitoramento externo (monitor HDMI, VGA USB)

– Movimentos de câmera, câmera na mão, steadycam, grua, traveling. Mostrar imagens dos   mesmos e cenas realizadas, fazer um debate sobre viabilidade dentro da realidade de um fotógrafo.

– WB customizado

– Estilo de Imagem

– Menu de Câmera

– Configuração Áudio: Microfone Externo. Gravador Externo

– Velocidade obturador: relação FPS / Obturador

– Anel conversor Nikon / Canon

– Filtros ND

– Dicas Iluminação, diferença entre still e imagem em movimento

– Noções básicas de programas de edição de vídeo

Informações:

Data: 02 e 03 de Fevereiro

Horário: Sábado – 08h – 12h e 14h – 18h / Domingo 14 – 18h

Valor da inscrição: 100,00 R$

Local: Casa Fora do Eixo – Rondônia

Endereço: Venezuela, 4251 – Embratel (Em frente a Maternidade Municipal)

Inscrição: Formulário, ficha de cadastro dísponivel no site

Material didático: Certificado e DVD (com vídeo-aula e apostilas)

Duração do curso: 12h00

Acesse aqui: Ficha de inscrição