Festejo BeradeRO 2012 – 20 Anos de Kanindé

Conhecimento Livre, Artes Integradas & Meio Ambiente

Festejo BeradeRO acontece nos dias 19 a 26 de Novembro em Porto Velho. O evento é uma realização do Fora do Eixo Rondônia, Rede Hip-Hop da Floresta e Associação Etnoambiental Kanindé. Com o intuito de apresentar à população sobre o trabalho de 20 anos que a Kanindé acumulou em gestão etnoambiental em territórios indígenas.

O Festejo visa fomentar e qualificar o debate em torno da produção cultural, estimulando práticas de desenvolvimento econômico, social e ambiental, através de oficinas de formação, mesas de debate e palestras; além de agregar valor artístico com a realização de shows, intervenções poéticas, espetáculos de teatro, exibição de filmes, documentários e exposição fotográfica.

“20 anos de caminhada em prol dos povos indígenas por um mundo melhor”, afirmou Edjales Benício, Gerente de Atuação Política e Fiscalizadora da Kanindé.

“Essa é uma oportunidade da população entender melhor sobre as questões que estão envolvidas diretamente na nossa vida, o meio ambiente. O Festejo BeradeRO é um espaço de conhecimento sobre a riqueza amazônica tanto em suas florestas, como em sua diversidade cultural, e faz uma amostra de suas expressões e gêneros artísticos contribuindo para a difusão de novos talentos”, afirma Neila Azevedo, Gestora da Mídia, da Casa Fora do Eixo Rondônia.

O espaço de formação do Festival acontece em parceria com a Universidade Livre Fora do Eixo e Universidade da Cultura Livre – UniCult, que abre inscrições para o edital de vivência para formação de agentes culturais, nas áreas de produção e comunicação que acontecem de 15 a 25 de Novembro.

A vivência acontecerá em um ambiente coletivo, que utiliza os conceitos da economia criativa e solidária, proporcionando intensas trocas de experiências, linguagens e conhecimentos. Além disso, serão abertas as inscrições para as oficinas, debates e palestras que envolvem temas como meio ambiente, políticas públicas da cultura e produção musical, que acontecem nos dias 21 e 22 de Novembro, no Centro de Formação e Cultura Kanindé.

Nos dias 23 e 24 de Novembro acontecem as intervenções artísticas. O Festival busca resgatar e fortalecer a cultura dos povos indígenas e comunidades tradicionais, com uma programação de artes integradas, através do intercâmbio entre os artistas de diversas regiões da Amazônia brasileira. O Festejo faz parte do Circuito Amazônico de Festivais, que conecta festivais de perfis distintos que mostram a diversidade cultural da região amazônica em seus diversos contextos e cenários. Esse espaço  estimula a produção cultural e  promove a difusão de novos talentos em diversas linguagens artísticas.

“Uma afirmação da cultura beradera valorizando os povos tradicionais da floresta nesta primeira edição do Festejo, é uma marco de valorização da cultura Beradera”, comentou Rafael Altomar Gestor da Casa Fora do Eixo Rondônia.

O Festejo BeradeRO faz parte de uma rede de festivais com uma proposta que vai além da difusão cultural e que integra a participação da população na tomada de decisões que envolvem a economia urbana preservando os recursos naturais, o correto ordenamento do território, a mobilidade urbana, o clima mundial, a conservação da biodiversidade, entre outros aspectos relevantes para o ser humano.

Um pouco sobre as Instituições realizadoras do Festejo

Fundada em 15 de Novembro de 1992, por um grupo de pessoas que trabalhavam com o povo indígena Uru-eu-wau-wau e na defesa do meio ambiente em Rondônia, a Kanindé  se tornou uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público – OSCIP, sem fins lucrativos, que se destaca por suas ações de vigilância, fiscalização e diagnóstico etnoambiental participativo em terras indígenas. Em 2012 a Associação completa 20 anos de trabalhos desenvolvidos através de projetos que protegem a Amazônia e defendem os direitos Indígenas.

O Fora do Eixo Rondônia, faz parte de uma rede de Rede de trabalho, colaborativa e distribuida, constituída por mais de 100 pontos presentes nos 26 estados do país, o Fora do Eixo. A rede vem desenvolvendo um trabalho em Rondônia, estimulando a criação de novos coletivos para o fomento e difusão da cadeia criativa cultural, gerando novos produtores e artístas. Além disso, funciona como um laboratório de construção e sistematização de tecnologias sociais, em áreas como a comunicação, financeiro, articulação e linguagens artísticas.

O Movimento Hip-Hop da Floresta é um movimento popular, contracultural, Socioambiental em defesa de uma sociedade Socialista e ecologicamente correta de fortalecimento da Identidade Amazónica. Uma referência para a juventude de Porto Velho e da Amazónia, o movimento fortalece as lutas de classes, direitos humanos, econômico, social e ambiental e contribui para construir auto-estima e empoderar a classe trabalhadora, defendendo e cooperando nas lutas dos povos indígenas e ribeirinhos.

Sobre casafdero

A Casa Fora do Eixo Rondônia, é a junção de agentes que atuam na cultura de Porto Velho e Região Norte, ponto Fora do Eixo.

Publicado em novembro 7, 2012, em 2012, Festejo BeradeRO - 20 anos de Kanindé, Festivais e marcado como , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Marivete Fontinele de Melo

    Sim, mas onde fica o Centro de Formação e Cultura Kanindé?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: